brasao_so_epm.png Escola Paulista de Medicina
Programa de Pós-Graduação em Nefrologia - Disciplina de Nefrologia
ptenes

Profa. Dra. Dulce Elena Casarini 

  Dra. Dulce casarini.jpg

Professora Afiliada Livre Docente
Coordenadora do Laboratório de Rim e Hormônios

Rua Botucatu, 740 
Vila Clementino - São Paulo
04023-900, SP - Brasil
Fone: 11 5576-4848 ramal 2461

E-mail:Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Currículo Lattes


Formação

2003: Livre-Docência
Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP
Título: Novas isoformas da enzima conversora de angiotensina I: isoforma de 90/80 kDa como possível marcador genético de hipertensão

1993– 1994: Pós-Doutorado. 
Institut National de La Santé Et de La Recherche Médicale, INSERM, França.

1989– 1990: Pós-Doutorado. 
Centre National de la Recherche Scientifique, CNRS, França..

1984– 1988: Doutorado em Biologia Molecular.
Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP.
Título: Endopeptidases com atividade cininásica, isoladas da urina humana. Purificação e caracterização de uma cininase do tipo quimotripsina.
Orientadora: Regina Celles de Rosa Stella

1978– 1982: Mestrado em Biologia Molecular.
Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP.
Título: Purificação e caracterização de duas peptidases com atividade cininásica encontrada em urina humana. 
Orientadora: Regina Celles de Rosa Stella

1978– 1981: Graduação em Biologia. 
Universidade do Sagrado Coração, Bauru - SP.


Linhas de Pesquisa

Sistema Renina Angiotensina:

• Isoforma (90 kDa) da enzima conversora de angiotensina I, potencial marcador genético de hipertensão: processamento, caracterização molecular e funcional, e segregação genética.
Neste novo projeto estaremos realizando estudos moleculares para compreender o mecanismo de formação e tráfego das isoformas N-domínio da ECA (90 e 65 kDa) em especial a de 90 kDa, os mecanismos de solubilização da ECA somática que possam estar envolvidos na formação destas isoformas, por liberação proteolítica, com envolvimento de uma secretase, ou por splicing alternativo do RNAm esclareceria a origem das mesmas. Os estudos da estrutura destas enzimas, a segregação, a incidência, a prevalência serão de extrema importância para entender a isoforma de 90 kDa como marcador genético de hipertensão. Já a associação da isoforma de 90 kDa com disfunções do sistema renal e cardiovascular e ainda seu papel nas alterações da função endotelial, no diabetes, na eclâmpsia e na desnutrição que ocasiona hipertensão na infância, é de fundamental importância para propor o seu emprego na medicina de forma segura, auxiliando num possível diagnóstico preditivo de hipertensão, e ainda como indicador de lesão de orgão alvo. Podemos salientar que um estudo mais aprofundado da estrutura desse marcador, poderá contribuir para o desenvolvimento de novos fármacos que possam estar envolvidos no controle da pressão arterial.

• Localização e co-localização de todos os componentes do SRA, com ênfase para as ECAs, bem como para os peptídeos Ang 1-7 e AII. Classicamente faremos ainda marcação de Golgi, membrana celular, retículo endoplasmático e núcleo como controles dos experimentos.

• Papel da AII intracelular nas células mesangiais:
Análise do papel dos receptores nucleares e internalização dos receptores utilizando como controle as células transfectadas com os receptores após o binding com a AII.
Comparação com a internalização dos receptores encontrados na superfície celular com os de superfície nuclear
Efeitos dos inibidor endocitótico e do bloqueador de receptor de AII na atividade de NFK beta nas células mesangiais. Alterações nos níveis dos receptores AT1
Efeitos dos antagonistas do receptor de AII intracelularmente e a repercussão nos níveis de AII intracelular, e distribuição subcelular da AII nas células mesangiais.

• Objetivo desse estudo é avaliar o efeito do diabete mellitus tipo 1 sobre a atividade do SRA em células mesangiais primárias de camundongo NOD.

Sistema das Catecolaminas:

Este projeto visa quantificar as catecolaminas (NOR, AD e DA) no intracelular e meio de cultura das células mesangiais imortalizadas (CMI), utilizando cromatografia líquida de alta performance com detecção eletroquímica, determinação dos valores do cofator biopterina no intracelular e meio de cultura de CMI, utilizando HPLC com detecção ultravioleta (HPLC-UV), para concluir o estudo comparativo com as CM primárias em modelo de nefrotoxicidade utilizando contraste radiológico e ainda no diabetes:

• Comparar o perfil de liberação das catecolaminas e possíveis alterações enzimáticas em células mesangiais de ratos normais e no modelo experimental de diabetes mellitus. Procuraremos entender quais e que alterações causadas nesse modelo nos níveis de catecolaminas e enzimas geradoras da mesmas que devem contribuir para a nefropatia diabética.


Sistema Calicreína Cininas:

• caracterização da endopeptidase neutra em diferentes tecidos de ratos Wistar e ratos espontaneamente hipertensos (SHR)

• caracterização da endopeptidase neutra na urina de ratos Wistar e ratos espontaneamente hipertensos (SHR)

• síntese de substratos específicos para a endopeptidase neutra de urina e tecidos


Análise Proteômica em Doenças Renais:

• Este projeto visa verificar o perfil protéico total na insuficiência renal aguda pós-isquêmica em urina e tecido renal de ratos Wistar Kyoto e SHR e nos mesmos animais suplementados com magnésio. 

• Estudo das alterações na expressão protéica sob os efeitos quimiotóxicos do meio de contraste radiológico iodado, hexabrixr, em cultura de célula mesangial.

Citation Report - ISI
Casarini DE
Casarini D

Results found: 199

Sum of the Times Cited [?] : 2501
Sum of Times Cited without self-citations [?] : 2701

Citing Articles[?] : 1708
Citing Articles without self-citations [?] : 2071

Average Citations per Item [?] : 12.57

h-index [?] : 25

 

Rua Botucatu, 591 - 15º andar - Vila Clementino -  São Paulo/SP - CEP 04023-062

(11) 5904-1699 - e-mail: nefrologia@nefro.epm.br

Please publish modules in offcanvas position.